Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Chia

Nutrition & Beauty Adviser, Brand, Spa and Clinic Consultant, Events Organizer, Public Relations, Marketing & Branding

Miss Chia

Nutrition & Beauty Adviser, Brand, Spa and Clinic Consultant, Events Organizer, Public Relations, Marketing & Branding

Alimentação Funcional - A Nutrição do Século XXI

Diga-me o que come, e lhe direi como está a sua saúde. Podia ser perfeitamente um slogan da que é considerada, por muitos, como a Nutrição do século XXI, a Alimentação Funcional.

Como funciona? Atua no tratamento e, acima de tudo, na prevenção, ou seja, fortalece o nosso organismo e os nossos sistemas, para que tenham defesas e não adoeçam.A nutrição funcional permite que cada pessoa personalize as suas refeições para tirar o máximo partido da sua energia e bem-estar.

Neste tipo de alimentação, não existe o contar de calorias, nem a prescrição de uma tabela de alimentos estereótipo. Aqui, tudo é personalizado para cada um de nós.

Desta forma, conseguimos tirar partido dos melhores nutrientes, para cada objetivo ou para cada caso concreto.

Tendo em conta todos os sistemas do nosso organismo, tais como o digestivo, circulatório, neurológico e sensorial, cada caso é pensado na oferta de nutrientes em quantidades adequadas e em equilíbrio com todos os outros, para que haja otimização da sua absorção e aproveitamento pelas células.

Podemos, desta forma, dizer que este tipo de alimentação é pensado para a prevenção e equilíbrio, o que significa mais saúde.

 

Artigo efetuado para o site da F Magazine Luxury.

alimentacao-funcional.jpg

 

 

 

O poder da Beterraba

Há quem adore, ou simplesmente desteste o sabor característico da beterraba. Sabia que a beterraba é um  tubérculo?

Fácil de identificar pela cor e sabor.

É um alimento de baixo valor calórico, contém apenas 40 calorias por cada 100 gramas. É uma comprovada fonte de antioxidantes, como carotenoides e flavonoides, além de diversos minerais, tais como ferro, sódio, zinco, potássio e magnésio. E ainda vitaminas A, complexo B e vitamina C.

A beterraba apresenta uma cor arroxeada (há quem diga cor avermelhada), devido à presença da betaína, um aminoácido que contribui para a saúde cardiovascular. Saiba também que possui uma ação anti-inflamatória, revitalizante e diurética, sendo um desintoxicante natural e purificante.

Além disso, a beterraba é também fonte de fibra dietética que ajuda na digestão. O consumo deste legume traz benefícios para a pele, fígado, coração, melhora a digestão, previne gripes e é um bom aliado na prevenção de certos tipos de cancro.

Cada vez, surgem mais receitas que utilizam este tubérculo, com sopas, sumos detox, saladas e até em bolos...

 

 

Artigo original escrito para o site da F Magazine Luxury: http://www.fmagazineluxury.com/pt/health/nutricao/2038-beterraba.html

 

 

Alimentação Saudável

Artigo para o site da F Magazine Luxury: 

http://www.fmagazineluxury.com/pt/health/nutricao/1944-alimentacao-saudavel.html

 

Cada vez mais, existem adeptos duma alimentação saudável e cuidada.Cuidados que passam por um ajuste da alimentação ao estilo de vida, que pode passar pelo ginásio, ou apenas por escolhas alimentares mais ponderadas.

Muitas pessoas ainda têm o preconceito e pensam que alimentação saudável é sinónimo de saladas e pratos sem sabor, muito rotineiros. Vamos desmitificar.

Quando tomamos a opção de mudar os nossos hábitos alimentares temos que pensar que não pode faltar variedade e que deve contemplar todos os nutrientes que necessitamos.Uma alimentação equilibrada deve ser constituída maioritariamente por hidratos de carbono (até 65% do total de calorias ingeridas) e por quantidades menores de gordura e proteínas (cada uma não deve ultrapassar os 35% do total do valor calórico diário).

Vamos deixar 5 dicas para uma alimentação mais saudável, sendo também as principais para se começar uma mudança de forma sustentada:

  1. Regra de ouro: um bom pequeno-almoço. É a refeição principal, pois quebra longas horas de jejum e fornece a energia para todo o dia. Existem mil opções…
  2. Mínimo de 5 refeições diárias. Não se deve estar muito tempo sem comer. O ideal entre 2 a 3 horas, fazer pequenas refeições, ingerindo os chamados snacks. Se estiver muito tempo em jejum, na refeição seguinte certamente vai ter mais fome, comerá mais e terá tendência para selecionar alimentos menos saudáveis.
  3. Mais vegetais, menos fruta.São ricos em nutrientes essenciais para o organismo, como as fibras, vitaminas e minerais, e não fornecem muitas calorias, visto serem pobres em gordura e em açúcar. É recomendada a ingestão de 3 a 5 porções por dia.
  4. Sopas.Geralmente, a sua base são os legumes e é pobre em gordura. Ligada à regra anterior. Uma excelente opção antes do prato principal, enche e aporta os nutrientes necessários.
  5. Qualidade dos alimentos.Opte por alimentos frescos, não processados. Qualidade nem sempre quer dizer quantidade, reduza o tamanho das porções ingeridas, pois comer em demasia origina a obesidade e esta traz consigo variadíssimas doenças.

Adotando estas regras simples e básicas, consegue-se começar um novo estilo de vida, com mais saúde e energia.

thumb.jpg